O despertar na madrugada

Olá! Hoje vou compartilhar com vocês algumas coisinhas sobre o sono noturno do Dom Valente, nosso menino tem despertado nas madrugadas e protagonizado dramatizações dignas de algum prêmio de cinema quando contrariado.

Existem diversas razões para uma criança acordar no meio da noite, dentre as quais  estar com fome, com frio, querer um aconchego ou mesmo sentir falta de uma rotina mais consistente na hora de dormir. 

Ainda não posso afirmar com certeza a causa do despertar noturno, mas fome, frio e falta de rotina já foram descartadas.  Cheguei a pensar numa relação com o problema neurológico, mas essa hipótese também  está rejeitada.

Matheus tem um ritual tranquilo de preparação para o sono, o banho antes de dormir é fundamental nesse processo. Ele também adormece sozinho, desde que esteja disposto à isso. O quarto é escuro, a casa é silenciosa (na medida do possível, pois os batedores de portas residem aqui) e o elefante Pimpão está sempre cantarolando cantigas de ninar no berço. Nosso bebê não dorme tão cedo quanto o recomendado pelos pediatras, mas tem uma rotina organizada, que inclui um soninho curto nas tardes. Então, o que o faz despertar à noite? Não sei, apenas suponho!

Diante dos descartes, nos resta acreditar que ele precisa de aconchego, necessita sentir-se acarinhado. Talvez seja consequência do tempo que ficou “abandonado” na UTI Neonatal.,.. 

Matheus tem acordado chorando lá pelas 4 horas da madrugada. O choro finda assim que o pego nos braços. Acarinhar e recolocar no berço não funciona, mamadeira também não aceita, deitar na nossa cama não quer (e ele ama a nossa cama nos demais horários), deixar a mamãe sentar, nem pensar! O jeito é passear pela casa e deixar ele colocar o dedinho na boca, evitando a dramatização extraordinária. Durante o giro noturno ele conversa, sorri, se mostra confortável e feliz. Masssss, se eu tentar sentar ou deitar… aiaiaiai

Esse desadormecer é longo, dura em média 1 hora, as vezes mais… Após esse tempo de caminhada leve e embalos suaves, ele adormece lindamente e eu me belisco para ver se ainda sinto os braços… Não é mole, não! 

O fato é que se a criança não está dormindo bem, o sono da mamãe  também fica prejudicado. E como!!! Amanhecer cansada e sem energia faz com que a gente não funcione bem, o que pode gerar problemas físicos e emocionais e também afetar o bem-estar da família.  Não estamos nesse nível, mas uma noite mal dormida me deixa muito mais chata do que já sou… 

Tenho certeza que é apenas uma fase, que passará brevemente, que ele retomará a rotina de uma noite inteira de sono.  O Mica passou por isso, ele gritava horrorizado com o “monstro verde” que vivia atrás da porta do quarto… Passou e eu sobrevivi. Vou continuar com o nosso ritual, conversar com a neuropediatra na próxima consulta e colocar gelo nas olheiras enormes que estão se formando no meu rosto. 

Gente linda por hoje é isso! Ricas bênçãos e até mais! Bjus