Férias e novidades

Boa noite! Hoje vamos conversar sobre a importância das férias para nossas crianças (neurotípicas ou não) e também para os familiares.  Por que esse período é tão importante e faz tanta diferença para o Dom Valente?

Como todos sabem, a rotina de atividades do nosso Dom é intensa e até cansativa. Mesmo com uma organização de horários que prioriza  momentos livres e de aconchego em casa, as terapias  exigem muito dele. Por isso, as pausas e as férias são tão importantes e esperadas por nós. É o momento de dar um refresco para o corpo e a mente que tendem estar esgotados.

Observando o Matheus nesses dias de folga, fiquei surpresa com seus avanços e mudanças comportamentais. Então, pesquisando sobre essa temática, li artigos que reportam estudos feitos nos Estados Unidos, os quais concluem que deveria haver um intervalo maior entre as aulas e também pausas mais extensas entre os semestres, ou seja, as férias. Segundo os pesquisadores, esses intervalos são essenciais para preparar as crianças para as novas aprendizagens, pois ajudam na sedimentação dos conhecimentos pelo cérebro.

O responsável por essa mágica é o subconsciente. Muito mais do que acontece com adultos, o subconsciente infantil age como uma esponja, absorvendo as informações que a criança ouve, vê, sente e vive. É dentro dele que as coisas vão se elaborando e as peças se juntam. Mas, para que isso aconteça, a cabeça precisa de tempo, de descanso, de férias!

Portanto, eu não estava doida quando percebi mudanças significativas no comportamento do Matheus. Viajamos para Campo Grande  de carro  e não tivemos qualquer problema com ele, as paradas para alimentar, trocar e esticar as pernocas foram suficientes para ele relaxar e seguir tranquilo os mais de 1000 quilômetros de estrada. Mas ao retornarmos desse passeio é que as transformações se revelaram intensamente…

Matheus está muito mais concentrado e “falante”. Também desenvolveu habilidades corporais e aprimorou outras (rolar e voltar rapidamente, pegar objetos, pular sem parar, pedalar…). Além disso, está menos protestante do que de costume, aceita as proposições e diverte-se com elas.  E a super novidade das férias: insistir na posição gatinho, ERGUER O TRONCO SOZINHO  E SENTAR! Somos só alegria com essa conquista!

A primeira investida foi na segunda-feira e mamãe ficou tão incrédula que gritou e até chorou. Quando papai chegou ele repetiu a arte e nos deixou extasiados de tanto amor e gratidão Minutos depois, mamãe estava jantando e o sapequinha fez novamente… Os anjos o seguraram enquanto a mamãe “voava” para dar suporte. Quase enfartei! Embora se repita a todo instante, ainda não conseguimos registrar essa travessura.

Como podem perceber, o tempo de férias é mesmo de extrema importância para o descanso físico e psicológico, além de uma ocasião ideal para reorganizar os pensamentos e acomodar os conhecimentos. Para as crianças especiais e suas famílias esse tempo é ainda mais necessário, pois o cotidiano é árduo. 

Tempo de férias é isso!

Gente linda, por hoje é isso! Super beijo e até amanhã com o post sobre a consulta odontológica!