Como organizar um quarto Montessoriano

O método Montessori foi criado pela médica e educadora italiana Maria Montessori e privilegia a busca direta e pessoal do aprendizado da criança. Dessa forma, a estruturação de um quarto infantil segundo seus preceitos, enfatiza a importância de se organizar um ambiente adequado para o desenvolvimento, bem como permitir a livre expressão das capacidades da criança. Assim, num ambiente rico e estimulante, a criança torna-se capaz de aprender sozinha e desenvolver-se de forma espontânea, criativa e saudável.

Para ela, o quarto dos pequenos deve ser estruturado para os pequenos! Ou seja, a organização não está atrelada aos detalhes da decoração, mas com vistas a permitir a livre expressão infantil.  Assim, esse ambiente deve permitir a livre circulação da criança, de modo que ela explore tudo o que está ao seu alcance.

Então, fique atento e mãos a obra!

  • O quarto precisa ser pensado de forma que a criança fique segura e livre ao mesmo tempo. As tomadas e objetos pontiagudos  devem ficar fora do alcance dela. O objetivo do quarto montessoriano é promover a autonomia para que a criança cresça mais independente e criativa.
  • Para Montessori, o caminho do intelecto passa pelas mãos. Por meio do movimento e do toque os pequenos exploram e decodificam o mundo ao seu redor. Então, o quarto deve dispor de um  mobiliário essencial e espaço para exploração.  Logo, o uso de tapetes e almofadas com diferentes cores e texturas é indicado.
  • O berço é um limitador de movimentos e deve ser substituído por um colchão colocado no chão. Tal mudança propiciará à criança explorar o ambiente livremente.
  • O espelho é um estímulo importante e deve ser fixado  na parede  a uma altura que permita  a interação.
  • A estimulação auditiva deve ser feita por meio de músicas e sons diversos.  Por favor, escolha um repertório refinado, com músicas de compositores clássicos (nada de Galinha Pintadinha e sua turma chatinha).
  • Livros e revistas devem ser deixados ao alcance da criança.
  • Os brinquedos também devem ficar organizados em prateleiras baixas para que a criança faça suas escolhas. Além disso, restrinja a quantidade de brinquedos expostos por vez e use a técnica da rotatividade. Dessa forma, a criança não enjoará com facilidade e terá novas opções a cada semana.
  • O quarto também precisa ter um espaço livre para que a criança brinque, explore e aprenda.

Algumas imagens para inspirar!

quarto-montessoriano
Fonte: http://mdemulher.abril.com.br
bebe-chegueiaomundo
Fonte: http://minhamaenaoedaqui.com.br