Com carinho para o papai

Querido Papai Marcos, hoje é um dia muito especial e você não está pertinho de mim porque está servindo ao Brasil, cuidando de nós todos com a dedicação de sempre. Eu estou com muita saudade e não poderia deixar essa data passar em branco. Então, conversei ao pé do ouvido com a mamãe e pedi para ela escrever essa cartinha para você! Vamos lá!!! Mamãe tá respirando fundo…

Papai, lembro-me com carinho das nossas longas conversas noturnas quando eu ainda estava na barriga da mamãe. Ela, cansada e pesada, ia deitar mais cedo para eu me acalmar, mas não adiantava, pois eu esperava você para tagarelar um pouquinho, sua voz me acalmava. Foi assim sempre!

Quando eu nasci você estava lá,  sei que mais do que segurar as pernas da mamãe, você segurou o choro ao me ver nascer, paradoxalmente vim ao mundo frágil e valente! 

As coisas não aconteceram como o esperado, para a UTI eu fui levado…Não demorou muito e vocês foram me visitar. A mamãe chorava sem parar e você se esforçava em lhe acalentar. Você jamais deixou de acreditar!!!

Pois é, Papai, os dias foram passando e eu continuava naquele lugar. Lembro dos momentos lindos e aconchegantes que passamos juntos. No começo, mamãe e você disputavam quem me daria colinho, mas depois ela entendeu que a sua presença era essencial para mim. 

Naquela sala de reuniões (gélida), vocês souberam que eu seria uma CRIANÇA ESPECIAL. Ouviram tudo atentamente e não desistiram de mim. Mamãe desabou e você também chorou, mas não se assustou. Sua firmeza me afetou e me senti seguro e protegido. A partir daquela decisão eu soube que poderia contar com você sempre, afinal, EU SERIA SEU DESAFIO, não é mesmo?!

O tempo foi passando e nosso amor aumentando. Eu sou o TEU GORDINHO, reconheço teu carinho e amo estar no teu colinho. Embora meu olhinhos não possam te ver com nitidez e meus ouvidos não possam te ouvir tão claramente, eu te sinto e te amo intensamente!

Os momentos de banho e massagem são especiais. Ah, as brincadeiras e estimulações também são incríveis. Mamãe ensinou direitinho a lição para você.

Quando o soninho chega você sabe me ninar como ninguém… Eu até demoro a dormir só para sentir teu coração bater pertinho de mim por mais tempo. 

Sim, papai, a nossa relação é inexplicável, se faz na inteireza e na pureza de um sentimento nobre e belo, o AMOR. Eu agradeço por me aceitar assim tão especial, tão cheio de vontades… Agradeço por você me amar do jeitinho que sou, por não desistir de lutar, por sempre acreditar que eu ei de me superar. E eu vou sim, pois tenho você para me guiar.

Papai, eu te amo do tamanho do mundo!

Com carinho Matheus, teu Gordinho!