Amamentar é um ato de amor

Tem coisa melhor do que carinho e leitinho de mãe para quem está chegando nesse mundo? Certamente não!

Amamentar é um ato de amor! Uma ação simples, sem custo e de extrema importância para o desenvolvimento físico e emocional das nossas crianças.

O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado que a criança pode receber até os 6 meses de vida. Ele contém, na medida ideal, os nutrientes necessários para o desenvolvimento infantil, bem como  possui substâncias que protegem o bebê de doenças virais e bacterianas.

A amamentação também contribui para o desenvolvimento emocional do bebê, visto que promove uma forte ligação emocional com a mãe. O ato de amamentar transmite segurança ao pequeno. Ele sente o afeto e isso terá reflexos no futuro, nas relações interpessoais.

Os benefícios do leite materno e da amamentação são inúmeros…

1. O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado até os 6 meses de vida do bebê.

2. O leite materno contém mais de 100 elementos nutricionais e protetores que ajudam na digestão e evitam a ocorrência de diarréias, infecções intestinais e respiratórias.

3. É de fácil digestão e acarreta menos gases e cólicas.

4. Colabora para a formação do sistema imunológico da criança, prevenindo alergias, obesidade infantil, intolerância ao glúten e outros.

5. Contém uma molécula chamada PSTI, a qual protege e repara o intestino dos recém-nascidos.

6. A sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária do bebê.

7. Previne a anemia.

8. O momento da amamentação aumenta o vínculo entre mãe e filho e colabora para que a criança se relacione melhor com outras pessoas.

9. Amamentar para além dos 6 meses faz bem à saúde mental da criança e do adolescente.

10. É natural, gratuito e está pronto para ser oferecido em qualquer horário e local! Sim, amamentar é um ato de amor e, como tal, não cabe proibições!

hora-do-mamaço-ilustração
Fonte: http://www.maezissima.com.br

Amamentar é tão, mas tão importante que a World Alliance for Breastfeeding Action (Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno) criou a Semana Mundial de Aleitamento Materno em 170 países, com o objetivo de aumentar os índices de amamentação. No Brasil, o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde promovem no período de 1 a 7 de agosto a Semana Mundial da Amamentação. Esses organismos produzem campanhas em que mostram os benefícios do aleitamento materno, estimulam o ato e esclarecem dúvidas sobre o tema.

Fonte imagem: http://mamaedeprimeiraviagem.com/page/28/